Blog de Finanças Pessoais


Descubra como ter o controle do seu dinheiro.

Arquivos controle financeiro - Finanças Pessoais

cartao

Conheça as vantagens e desvantagens dos cartões pré-pagos

By | Dicas | No Comments

Você já ouviu falar deles. Amplamente difundidos em viagens internacionais, por darem a possibilidade de sacar dinheiro em qualquer moeda com taxas menores que as dos cartões de crédito, os cartões pré-pagos podem ser úteis também em território nacional.

Sua lógica é inversa à do cartão de crédito: em vez de comprar um produto e só começar a pagar dias depois, você o carrega com dinheiro antes de gastar. Ou seja: mantém os gastos sob controle, evitando a criação de dívidas.

Mas nem tudo são flores no mundo dos pré-pagos. A contrapartida pelas facilidades proporcionadas pelo cartão é a cobrança de diferentes taxas, que incidem sobre quase todas as operações disponibilizadas por ele.

O serviço já está se consolidando no Brasil com bandeiras como Conta Super, Zuum, Acesso, Meo e Cotação, além dos oferecidos pelos bancos. Conheça suas vantagens e desvantagens e descubra quando utilizá-los é uma boa opção:

 

#1 Substitui o papel-moeda :)

Os pré-pagos podem ser usados no lugar do dinheiro, evitando saques desnecessários.

 

#2 Compras seguras pela internet :)

Eles são uma boa opção para quem não se sente seguro em fornecer os dados do cartão de crédito pela internet e não quer usar o boleto bancário. Nos sites estrangeiros, têm uma vantagem adicional: o imposto cobrado sobre a operação com pré-pagos é bem menor do que com cartões de crédito. A taxa é de 0,38%, contra 6,38% do Imposto sobre Operações Financeiras (IOF).

 

#3 Controle de gastos :)

Os pré-pagos podem servir para controlar despesas, uma vez que é o usuário quem define, no carregamento, o quanto pretende gastar. Eles costumam ser recarregáveis e permitem que o titular controle os gastos de quem vai utilizá-los. Podem ser usados, por exemplo, para estimular seu filho adolescente a aprender a administrar o dinheiro.

 

#4 Não é preciso ter conta corrente :)

Os pré-pagos são interessantes para quem não possui conta corrente, porque, para adquiri-los, não é preciso comprovar renda. Além disso, são um meio seguro e quase universal de fazer compras e pagar contas.

 

#5 Taxas e mais taxas :(

Um dos principais poréns dos pré-pagos são as taxas. Apesar de não ter anuidade, as operações – emissão do cartão, manutenção mensal, saque e recarga – são quase todas cobradas. Dependendo do tipo de serviço que você precisa, a conta corrente ou até conta poupança terão um custo menor.

 

#6 Não serve como rendimento :(

O dinheiro depositado no pré-pago, diferentemente da poupança, por exemplo, não tem nenhum tipo de rendimento. Se a intenção não for gastar o dinheiro, é melhor deixá-lo guardado em algum fundo rentável.

 

#7 Não permite parcelamentos :(

Outro ponto que deve ser considerado é que o cartão pré-pago, diferentemente do cartão de crédito, não permite compras parceladas. Se você precisa desse serviço, terá de repensar a escolha.

Entenda porque criar um orçamento é essêncial para garantir o sucesso financeiro

By | Dicas, Investimento | No Comments

Attractive young African American woman working on finances at home wearing purlple jacket sitting at dining table.

 

Independente de qual é a sua renda, para manter uma vida financeira saudável, é preciso cultivar o hábito de criar orçamentos. Organização financeira e orçamento são coisas diferentes – primeira é uma maneira de acompanhar suas despesas e receitas, a outra está ligada a colocar limites e estabelecer categoria de gastos.

São conceitos simples que devem ser usados para colocar as contas em equilíbrio:


Planejamento X orçamento

É importante não confundir os dois: planejamento é um método de controle de gastos, onde se registra todas as receitas e despesas. O orçamento são valores que a pessoa estabelece para diferentes categorias de gastos, segundo a análise das suas próprias finanças. Por exemplo, R$400 por mês para supermercado, ou R$100 por semana com lazer.


Os benefícios de elaborar um orçamento

#1 Você passa a ter domínio do seu dinheiro

Quanto você prevê suas despesas e separa parcelas de sua receita para os diferentes gastos que você deve ter no mês, você não só fica longe de gastos excessivos, como consegue fazer seu dinheiro render mais, revisando os orçamentos e jogando as sobras de uma categoria para outras. Para isso, é importante anotar tudo que você gasta.

#2 Você fica focado em seus objetivos

Todos cultivam sonhos e metas. A viagem de lua de mel, um mestrado, filhos. Porém, a maioria acaba não realizando todos eles, ou pior, se endividando para concretizá-los. Se você criar orçamentos, pode separar dinheiro para concretizar suas metas sem dificuldade e não perder elas de vista.

#3 Você pode planejar investimentos

Quem não tem um orçamento pessoal jamais conseguirá poupar e até mesmo investir com regularidade para a construção de uma renda passiva (aquela em que você não precisa trabalhar para ganhar). Se você separar uma pequena parte de sua renda mensal para investir, vocês irá aumentar seus rendimentos sem precisar aumentar sua carga de trabalho.

Seguir um orçamento é criar categorias de custos para os quais serão destinados um valor específico por mês.

Como começar:

  • Você pode começar dividindo sua vida em centros de custos, tais como: casa, educação, saúde, alimentação e lazer.
  • Depois (e de acordo com seu planejamento), defina o quanto cada área/setor tem disponível para gastar. Por exemplo, o centro de custos “alimentação” pode ter uma verba mensal de R$ 500 enquanto o “lazer” fica com R$ 200.
  • Ultrapassar esses limites significa que você vai entrar no vermelho. Se isso por acaso acontecer, você deve economizar em outra categoria do seu orçamento para colocar as contas em dia e não se endividar.

Lembre-se: não basta criar um orçamento, você deve segui-lo fielmente. Portanto, monitore seus gastos diariamente.

Pode demorar alguns meses até você ter realmente o controle sobre todas as categorias e não ultrapassar os limites estabelecidos, mas não desista. Iso é um hábito a ser criado que fará grande diferença na sua vida.