Blog de Finanças Pessoais


Descubra como ter o controle do seu dinheiro.

Arquivos crise - Finanças Pessoais

Como sobreviver à crise?

By | Dicas, Dívidas | No Comments

find-money-1182912-1280x960

 

Os motivos e o tamanho da crise econômica no Brasil ainda podem ser discutidos, mas os índices econômicos e o impacto no dia a dia das pessoas confirmam que estamos passando por um momento financeiro difícil.

A inflação está alta, há retração do PIB, e o desemprego está aumentando. Porém, não adianta desanimar. Esse momento exige atenção e disciplina redobrada para diminuir o impacto da crise nas finanças pessoais.

#Seja realista, mas não pessimista

Sim, estamos em crise e é preciso enfrentar esta realidade de olhos bem abertos. Porém, ser pessimista não ajuda em nada. É preciso ter força de vontade e determinação para analisar a situação e conseguir contornar os problemas financeiros sem se desesperar e entregar os pontos. Ser pessimista e aceitar uma derrota só irá piorar a situação – isso inclui dívidas, juros e uma grande bola de neve.

#Se adapte

Também não adianta fazer o contrário: ser cegamente otimista e insistir em manter o mesmo padrão de vida. Em tempos como esse, é preciso rever hábitos e se adaptar a situação. No fim, “não é o mais forte que sobrevive, nem o mais inteligente, mas o que melhor se adapta às mudanças”.

#Faça o diagnóstico

Para ter total poder sobre o seu dinheiro, você precisa entender da onde vem e para onde ele vai. A única maneira de fazer isso é mantendo um controle financeiro minucioso. Anote todo dinheiro que entra, todas as depesas fixas (aluguel, luz, internet, financiamentos), e depois todas as contas variáveis – inclusive os pequenos gastos do dia a dia. Divida os gastos por centro de custos: casa, transporte, lazer, etc. No final do mês, você consegue entender exatamente para onde o seu dinheiro está indo.

#Planeje e corte gastos

Depois de ter o controle financeiro (mantenha ele sempre!), você pode adaptar e planejar as suas finanças. Quais são os gastos que é possível diminuiur ou cortar? Você gasta muito com transporte? É possível diminuir a conta do celular? Os gastos com supermercado estão altos? Ou são os pequenos gastos do dia a dia que “quebram” você no final do mês? Entenda o que é possível mudar e planeje suas finanças para os próximos meses. Estabeleça um orçamento para cada tipo de gasto e não ultrapasse a cota. Para isso, é preciso determinação.

#Aumente a sua renda

Sim, é preciso cortar gastos em tempos de crise. Mas também é hora de ser criativo e pensar como aumentar e complementar a sua renda. É possível aumentar seus rendimentos no seu trabalho? Ou talvez você possa ter um projeto paralelo? Que habilidades você tem que pode te render algum dinheiro? Pense bem e não tenha preguiça ou vergonha de começar um novo empreendimento!

#Junte dinheiro

Sim, quando não há dinheiro nem para pagar as contas é muito difícil pensar em juntar ou investir. Se você não tem como começar agora, tudo bem. Mas quando você for planejar suas finanças para os próximos meses, organize de uma maneira que você consiga começar a fazer uma poupança em breve, mesmo que pequena. É melhor juntar um valor pequeno, do que nada. Ninguém sabe o tamanho da crise e até quando ela irá durar, e você nunca sabe quando aparecerá um imprevisto. Ter dinheiro reserva é a maneira de não ser pego desprevinido e se endividar.

#Invista

Quando você começar a juntar dinheiro (ou se você tem alguma reserva agora), pesquise e comece a investir. A poupança está rendendo menos que a inflação e há uma série de investimentos seguros que podem trazer um rendimento considerável. Se informe, converse com um consultor financeiro e estude como aplicar o seu dinheiro.

 

5 dicas práticas para começar a economizar em tempos de crise

By | Dicas, Sem categoria | No Comments
Rodrigo Amorim  / flickr.com/photos/zetotal

Rodrigo Amorim / flickr.com/photos/zetotal

A inflação alta, a retração da economia e a falta de investimentos no mercado está atingindo a todos: os preços ficam cada vez mais altos, mas o rendimento segue o mesmo ou, em alguns setores, tende a diminuir. É um tempo difícil de economizar, mas, para não se endividar, a situação exige um controle de gastos eficiente.

Com planejamento e algumas práticas, é possível aprender a fazer o dinheiro render mais e economizar – seja para emergências ou para concretizar metas. Abaixo, confira cinco taticas para gastar menos.

Compare preços das futuras compras

Você tem uma poderosa arma em mãos: a internet. Ela deve ser uma aliada quando você precisa comprar algum item ou contratar um serviço. Visite as lojas online, veja quais são as condições de pagamento, estude os modelos e os preços. Muitas vezes, uma segunda marca oferece o mesmo produto com um preço melhor. Depois de comparar os preços na web, vale também checar os produtos em lojas físicas.

Desapegue de um vício

Alguns gastos cotidianos não são computados na hora de fazer o orçamento, mas, em alguns meses ou um ano eles fazem uma boa diferença. Por exemplo, se você fuma, sabe quanto gasta por ano com cigarros? Talvez seja a hora de fazer as contas e descobrir.

A mesma coisa vale para a cerveja de final do dia ou o cafézinho depois do almoço. Claro, não é preciso abandonar os prazeres da vida, mas coloque os gastos na ponta do lápis  e tente diminuir a frequência. De quebra, a sua saúde pode sair ganhando.

Espere uma semana para comprar

Esta é uma tática que deve ser aplicada por quem costuma comprar por impulso. As oportunidades surgem a toda hora, você é bombardeado diariamente por e-mails com promoção e “chances imperdíveis”. Mas será que você precisa realmente daquele produto?

Use uma regra simples para não cair nessa armadilha. Se você ainda estiver pensando no produto uma semana depois do primeiro contato, volte à loja para comprar. Mas, se você não lembrar mais, é porque não precisa e aquela era uma compra impulsiva.

Elimine e revise as taxas de juros

O Brasil possui uma das taxas de juros mais altas do mundo. E as taxas aplicadas no cartão de crédito e cheque especial são mais altas ainda. Então, se você precisar usar os limites extras do cartão ou do cheque, você vai perder muito dinheiro com os juros.

Evite o pagamento mínimo do cartão de crédito. Para isso, calcule exatamente o que pode gastar no mês. Se você parcelou alguma compra, espere quitar a dívida antes de fazer uma nova compra.

Faça o controle diário dos seus gastos

Essa é uma prática das mais indicadas para quem quer economizar. Saber o que você gasta por dia, naquelas compras miúdas, como o cafezinho, passando pelas refeições e a compra no supermercado, faz com que você tenha um controle eficiente das suas finanças. Use o celular ou até um bloquinho de papel e nao deixe de anotar nenhum gasto.