Blog de Finanças Pessoais


Descubra como ter o controle do seu dinheiro.

Arquivos finanças pessoais - Finanças Pessoais

Comece a se preparar para a Black Friday e aproveite os descontos de verdade

By | Dicas, Sem categoria | No Comments

1280px-Compras_PreNavideñas_(3049034031)

A Black Friday acontece daqui há um mês, mas se você tem interesse em aproveitar os descontos, deve começar a pensar nisso agora. Já faz alguns anos que os brasileiros “importaram” o tradicional dia de megapromoções dos Estados Unidos, mas o comércio e os consumidores ainda estão se adaptando à data. Momentos de descontos como a Black Friday são bem perigosos para os consumidores por dois motivos:

  1. As pessoas se emocionam com os preços baixos e compram o que não precisam e não tem dinheiro para pagar
  2. As pessoas são enganadas com falsos descontos

Para evitar esses problemas e de fato aproveitar os preços baixos da data, é preciso começar a pensar nas compras com antecedência e seguir esses três passos:

Eleja alguns produtos que você está precisando e comece a monitorar

Isso é importante para evitar os “falsos descontos”. Liste o que você quer comprar, faça uma pesquisa pela internet agora e compare os preços entre os sites, depois volte a esses sites a cada semana para acompanhar a evolução dos preços.

Assim você pode ter certeza de exatamente quanto você está economizando quando chegar a hora de comprar. Além disso, como este ano foi muito ruim para o comércio, muitas lojas devem antecipar a Black Friday e começar a dar descontos durante o mês de novembro.

Mantenha o foco e não gaste o com o que você não precisa

Esse tipo de evento pode ser muito emocional. No calor da pressa para comprar antes dos produtos e das promoções acabarem, muitas pessoas acabam comprando coisas que não precisam e que não tem utilidade apenas porque “o preço estava realmente imperdível”. Respire o fundo e mantenha o foco na lista de produtos que você elaborou.

Faça um orçamento

Esta dica é infalível para qualquer ocasião. Não chegue no dia 27 sem um orçamento. Estude suas finanças e entenda quanto você pode dispor para gastar em produtos sem se endividar. No dia, não ultrapasse esse orçamento por nada, mesmo que os descontos estejam bons. Se você se endividar para comprar um produto barato, você pode acabar pagando mais caro para quitar os juros depois.

Essas três regrinhas vão fazer com que você aproveite os descontos sem se endividar. Porém, há sempre outros detalhes para ficar atento e aproveitar ainda mais:

#1 Se você não conseguir acompanhar os preços, órgãos de defesa do consumidor e outros sites podem ajudar. Sites como o do Procon e do Proteste devem oferecer uma lista de preços para servir de referência. Então, antes de comprar, comparte com as listas.

#2 Se você for comprar online, leve em conta o preço com o frete e compare com os preços das lojas físicas.

#3 Se você for comprar presentes de Natal online, confira se há produto em estoque e o prazo de entrega. Muitas lojas esgotam o estoque e continuam vendendo, o que faz com que os produtos demorem muito para chegar.

#4 Se for comprar online, evite os horários de pico (meia-noite, meio-dia e depois das 18h). Os sites podem estar congestionados e você não conseguir concluir a compra.

#5 Fique atento para não entrar numa fria. Compre apenas de sites e lojas conhecidos e com boa reputação. Também preste atenção no valor ao comprar em sites: alguns divulgam um produto com desconto e depois cobram o valor original na hora de fechar a compra.

#6 Lembre que as regras do Código de Defesa do Consumidor (CDC) também são válidas para as compras feitas na promoção, então não aceite condições diferentes imposta pelas lojas.

cover14

10 dicas criativas para gastar menos dinheiro

By | Comportamento, Dicas | No Comments

Economizar não é o único caminho para juntar dinheiro, mas usar os recursos com sabedoria nunca fez mal a ninguém. Além disso, as pequenas economias podem ajudar a dar aquele upgrade nas suas férias ou mesmo na hora de fazer uma compra de maior valor.

A boa notícia é que, diferente do que muitos imaginam, gastar menos pode ser, sim, indolor – e, por que não, divertido? Para dar uma força nessa missão bem possível, listamos 10 dicas criativas para você gastar menos no dia a dia:

 

1 – Cozinhe mais em casa

Refeições em restaurantes custam, pelo menos, 50% a mais do que você pagaria por um almoço ou janta no conforto do lar. Que tal começar a colocar seus dotes culinários em prática? Se faltar tempo para almoçar em casa, uma boa opção é levar a própria comida para o trabalho. No fim de semana, tente fazer sua própria pizza em vez de pedir tele-entrega.

 

2 – Antes de comprar, tente consertar

Nem todo o objeto precisa ser substituído quando apresenta um problema. Antes de sair correndo para o shopping, veja se não vale a pena consertar.

 

3 – Vá de carona

Converse com os colegas de trabalho que moram perto da sua casa e proponha uma escala de revezamento – também é possível fazer isso com os vizinhos que costumam passar pelo seu trabalho. Além de baratear os custos, o trajeto em grupo é mais seguro e divertido.

 

4 – Dê férias ao cartão de crédito

Experimente deixar o cartão de crédito em casa por algumas semanas e pagar tudo à vista. Ver o dinheiro indo embora dói mais, e vai fazer você pensar duas vezes antes de gastar.

 

5 – Empreste e peça emprestado

Você já parou para pensar quantas vezes no ano usa uma furadeira? E um vestido de gala? Amigos não são só para jogar conversa fora. Empreste a eles e peça emprestado quando precisar. O que for economizado pode ser revertido para aquele happy hour que nunca sai por falta de dinheiro.

 

6 – Escolha um dia por mês para não comprar nada

A ideia é ousada, mas vale o esforço: separe um dia por mês para não gastar nenhum centavo. Quando você perceber que é possível passar um dia sem comprar nada, ficará mais confiante para evitar o consumo por impulso.

 

7 – Faça mais festas no apê

Em vez de ir todo fim de semana à balada, convide os amigos para fazer algo em casa. Todo mundo colabora, se diverte e ainda economiza – sempre respeitando os vizinhos, é claro.

 

8 – Troque a academia por exercícios ao ar livre

Crie o hábito de caminhar ou se exercitar no parque, na praça ou em outro ponto ao ar livre. Vale até aquele passeio com o cachorro pelas ruas do bairro.

 

9 – Não vá às compras sem lista

Antes de ir ao supermercado, elabore uma lista de compras. Siga ela à risca e curta a sensação de saber antes o quanto vai gastar, sem ceder às tentações das prateleiras.

 

10 – Faça você mesmo

Comece a fazer as coisas sozinho. Isso pode incluir a limpeza da casa, o cuidado com o gramado, ou qualquer outra coisa que você costuma pagar outras pessoas para fazer. Você pode desenvolver novas habilidades e ainda guardar uns trocados.

Programa de pontos: realize tarefas e ganhe acesso premium ao app

By | Aplicativo | No Comments

Screenshot_2015-06-18-15-56-26Esse ano está sendo um ano de grandes novidades e mudanças pro Finanças Pessoais. Agora, nós estamos lançando o programa de pontos, que está em funcionamento desde quinta-feira. A ideia é simples: os usuários cumprem pequenas tarefas e ganham acesso a versão premium do app.

Para ganhar acesso premium o usuário deve:
1 – Participar do Minhas Conquistas
2 – Assistir um video promocional publicidade
3 – Instalar um aplicativo parceiro

A cada 100 pontos, o usuário ganha uma semana de acesso premium gratuíto. Você acessa o sistema de pontos no menu, abaixo de “Perfil”

Qualquer dúvida de como usar o programa. Por favor, comente ou mande e-mail para contato@financaspessoaisapp.com.br

Minhas Conquistas

No mês passado, lançamos o Minhas Conquistas que é um programa que usa dinâmica de jogos para incentivar as pessoas a organizar as finanças. Realizando tarefas como a criação e o cumprimento de metas financeiras, a transferência de dados para núvem, a utilização de acesso seguro, a sincronização com o SMS banking e o cadastramento de contas bancárias, os usuários ganham pontos e competem com os outros usuários, participando de um ranking.

Pense como um milionário: lições para quem quer acumular dinheiro

By | Dicas, Sem categoria | 2 Comments

Muita gente sonha em se tornar um milionário e com não ter que se preocupar com dinheiro, mas acham que é preciso ter muita sorte (ou nascer em família rica). Na verdade, é possível “chegar lá” sem ganhar na loteria ou inventar o novo Facebook. É tudo uma questão de maneira de pensar, estratégia e perseverança.

A melhor forma de aprender como conquistar um objetivo é com quem já conseguiu: entender como pensam e agem os milionários e aplicar os seus ensinamentos  Veja algumas atitudes que você pode adotar para alcançar o sucesso financeiro:

Escreva suas ideias

Os milionários estão sempre em busca de oportunidades e sabem que, muitas vezes, uma oportunidade perdida pode nunca mais voltar. Para evitar perder oportunidades, escreva a ideia assim que ela surgir, desta forma você não correrá o risco de esquecer, e volte a pensa nela melhor mais tarde. Não confie em sua memória, concentre todas as ideias no lugar escolhido.


Estabeleça metas

Todos os grandes milionários têm muita clareza de qual é o seu objetivo financeiro e criam planos de ação para atingi-los. Defina o seu objetivo e, em seguida, crie uma meta no modelo S.M.A.R.T, uma sigla do inglês que significa que a meta deve ser específica, mensurável, atingível, relevante e temporal.


Faça como Albert Einstein

Os milionários costumam utilizar com muita frequência uma técnica que Einstein usava para seus projetos: ele se visualizava na posição desejada e em seguida retrocedia gradativamente, imaginando os passos que foram dados até alcançar o resultado.

Imagine-se na posição que deseja está daqui a 5 anos e, a partir daí, responda a essas perguntas: qual é a sua aparência? Com que tipo de pessoas você está trabalhando? Qual a sua reputação no mercado? Qual a sua renda? Como você está executando o seu negócio?


A técnica do brainstorming

Esta é uma técnica muito simples e bastante usada no mundo empresarial. O termo brainstorming, do inglês, significa “tempestade cerebral”, ou seja, uma tempestade de ideias. Esse é o melhor modo para estimular o seu pensamento criativo e deixar você de bem com as suas finanças pessoais.

Por meio dela, você conseguirá pensar em várias formas de resolver os seus problemas. Escreva um problema ou o seu objetivo em forma de pergunta e, em seguida, escreva pelo menos 20 respostas para a pergunta, sem filtrar e deixar de escrever por a ideia é ruim ou impraticável – apenas escreva.

Por exemplo: digamos que você deseja dobrar o seu rendimento financeiro em 12 meses, então você deverá escrever: “Como eu posso dobrar o meu rendimento financeiro em 12 meses?”. Em seguida, você deve escrever, no mínimo, 20 respostas a essa pergunta.


Economize seu dinheiro

Se você deseja ficar rico, você deve economizar. Comece analisando as suas finanças e realizando pequenas economias. Depois, aumente gradativamente. Neste sentido, o mais importante é a educação mental, criar o hábito de poupar.

O primeiro passo nesse é determinar um valor fixo mensal que deve ser poupado e programar no seu banco uma transferência automática para o seu investimento (a maioria dos bancos tem essa opção na internet).

Analise também a necessidade de simplificar a sua vida para ter um maior capital e aumentar os seus rendimentos. Será que você precisa investir 500 mil em um apartamento ou é melhor alugar um imóvel? Pense que, ao comprar um apartamento, você reduz a sua mobilidade e imobiliza capital, o que pode fazer com que você perca algumas oportunidades de investimentos mais lucrativos.

 

Tenha paixão pelo que você faz

Todo milionário cometerá erros, em alguns casos podem chegar até a perder tudo. No entanto, em virtude do seu mindset conseguem se reerguer e atingir resultado maior que o inicial.

Um exemplo clássico é o Steve Jobs. Em seu histórico discurso para formandos em Stanford, ele comenta que o que o levou a dar a volta por cima e transformar o mundo da tecnologia, depois de ser demitido da própria empresa, foi o amor pelo que fazia.

Em seguida ele aconselha: “Você tem que descobrir o que você ama. Seu trabalho vai preencher uma parte grande da sua vida, e a única maneira de ficar realmente satisfeito é o que você acredita ser um ótimo trabalho”. Descubra o que você ama e em seguida descubra um meio de se tornar rico com isso.


Seja empreendedor

O melhor caminho para se tornar um milionário é através do empreendedorismo. A possibilidade de você se tornar um milionário trabalhando para outras pessoas é muito menor. Mas ter o próprio negócio envolve muitos riscos. É necessário conseguir capital e, dependendo do negócio, há necessidade de muitos funcionários para tocar o empreendimento.

Mas para se tornar milionário você terá, inevitavelmente, que correr muitos riscos. Nesse processo você terá sucessos e derrotas, e o mais importante é aprender com eles e calcular os próximos riscos, buscando minimizar as chances de erro.


Comprometa-se com a riqueza

As pessoas têm muitos desejos — como ter um corpo melhor, um trabalho melhor etc. — e ser milionário é apenas um deles. Mas quantas dessas pessoas realmente se comprometem para atingir o objetivo? Quantas são ativas na academia e controlam a alimentação? Quantas procuram se especialiazam e  se esforçam para virar profissionais melhores?

Apenas desejar ficar rico não é suficiente. O que você está fazendo para atingir este objetivo? Milionários sabem que não basta desejar o que você quer: para conseguir você precisa se comprometer a alcançar a riqueza e a manter-se rico.

Em suma, tenha em mente que tornar-se um milionário não é uma tarefa fácil, exigirá de você muito trabalho e muita disciplina.

Entenda porque criar um orçamento é essêncial para garantir o sucesso financeiro

By | Dicas, Investimento | No Comments

Attractive young African American woman working on finances at home wearing purlple jacket sitting at dining table.

 

Independente de qual é a sua renda, para manter uma vida financeira saudável, é preciso cultivar o hábito de criar orçamentos. Organização financeira e orçamento são coisas diferentes – primeira é uma maneira de acompanhar suas despesas e receitas, a outra está ligada a colocar limites e estabelecer categoria de gastos.

São conceitos simples que devem ser usados para colocar as contas em equilíbrio:


Planejamento X orçamento

É importante não confundir os dois: planejamento é um método de controle de gastos, onde se registra todas as receitas e despesas. O orçamento são valores que a pessoa estabelece para diferentes categorias de gastos, segundo a análise das suas próprias finanças. Por exemplo, R$400 por mês para supermercado, ou R$100 por semana com lazer.


Os benefícios de elaborar um orçamento

#1 Você passa a ter domínio do seu dinheiro

Quanto você prevê suas despesas e separa parcelas de sua receita para os diferentes gastos que você deve ter no mês, você não só fica longe de gastos excessivos, como consegue fazer seu dinheiro render mais, revisando os orçamentos e jogando as sobras de uma categoria para outras. Para isso, é importante anotar tudo que você gasta.

#2 Você fica focado em seus objetivos

Todos cultivam sonhos e metas. A viagem de lua de mel, um mestrado, filhos. Porém, a maioria acaba não realizando todos eles, ou pior, se endividando para concretizá-los. Se você criar orçamentos, pode separar dinheiro para concretizar suas metas sem dificuldade e não perder elas de vista.

#3 Você pode planejar investimentos

Quem não tem um orçamento pessoal jamais conseguirá poupar e até mesmo investir com regularidade para a construção de uma renda passiva (aquela em que você não precisa trabalhar para ganhar). Se você separar uma pequena parte de sua renda mensal para investir, vocês irá aumentar seus rendimentos sem precisar aumentar sua carga de trabalho.

Seguir um orçamento é criar categorias de custos para os quais serão destinados um valor específico por mês.

Como começar:

  • Você pode começar dividindo sua vida em centros de custos, tais como: casa, educação, saúde, alimentação e lazer.
  • Depois (e de acordo com seu planejamento), defina o quanto cada área/setor tem disponível para gastar. Por exemplo, o centro de custos “alimentação” pode ter uma verba mensal de R$ 500 enquanto o “lazer” fica com R$ 200.
  • Ultrapassar esses limites significa que você vai entrar no vermelho. Se isso por acaso acontecer, você deve economizar em outra categoria do seu orçamento para colocar as contas em dia e não se endividar.

Lembre-se: não basta criar um orçamento, você deve segui-lo fielmente. Portanto, monitore seus gastos diariamente.

Pode demorar alguns meses até você ter realmente o controle sobre todas as categorias e não ultrapassar os limites estabelecidos, mas não desista. Iso é um hábito a ser criado que fará grande diferença na sua vida.